Avaliação nutricional de frutos pertencentes às famílias Chrysobalanaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae e Myrtaceae, consumidos pelo peixe frugívoro matrinxã (Brycon Falcatus)

Clique no Nome para Conhecer o Integrante: Jaine de Sousa dos Santos, Sandra Bibiana Correa, Carmen Wobeto e Lucélia Nobre Carvalho

Ambientes de floresta alagada são importantes para uma boa parte da assembleia de peixes frugívoros e onívoros, que dependem diretamente dos itens alimentares que é ofertado por estes ambientes. O peixe Brycon falcatus conhecido popularmente como matrinxã é um caracídeo migrador, sendo considerado uma das principais espécies frugívoras na bacia do rio Teles Pires, por exercer um papel importante em florestas inundáveis na dispersão de frutos e sementes que consome. Em período de cheias a oferta de alimento se torna vasta, já que muitas espécies frutificam nesta época, e assim os peixes dispõem de grande diversidade de frutos. Dentro desses frutos existem alguns em disponibilidade que notadamente não são consumidos por peixes. Neste sentido, este estudo irá determinar o valor nutricional de frutos carnosos pertencentes as famílias Chrysobalanaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae e Myrtaceae que são consumidos por Brycon falcatus e avaliar possíveis compostos secundários em frutos que não são consumidos. Para isto, serão feitas coletas de frutos maduros na mata ciliar da bacia do rio Teles Pires e realizadas análises em laboratório com base em teor nutricional e compostos secundários.

Foto 1. Avaliação nutricional de espécies pertencentes às famílias Chrysobalanaceae, Eupho
Foto 3. Avaliação nutricional de espécies pertencentes às famílias Chrysobalanaceae, Eupho
Foto 2. Avaliação nutricional de espécies pertencentes às famílias Chrysobalanaceae, Eupho
Foto 4.  Avaliação nutricional de espécies pertencentes às famílias Chrysobalanaceae, Euph